Operação Metástase: mais de R$ 1 milhão em espécie estavam com empresários presos de Umuarama

Notícia

Operação Metástase: mais de R$ 1 milhão em espécie estavam com empresários presos de Umuarama

Operação Metástase: mais de R$ 1 milhão em espécie estavam com empresários presos de Umuarama

Mais de R$ 1 milhão em espécie foram apreendidos nesta quarta-feira (5), durante a Operação Metástase, em Umuarama. O dinheiro estava guardado em bolsas e malas na casa de empresários detidos logo nas primeiras horas da manhã. Não havia valores com os servidores municipais.

A suspeita dos investigadores é que a quantia seja proveniente de desvios do Fundo Municipal de Saúde, conforme informou o promotor Diogo Araújo de Lima, do Gepatrias (Grupos Especializados na Proteção do Patrimônio Público e no Combate à Improbidade Administrativa).

A equipe composta por Lima permaneceu até as 20h na agência central da Caixa, em Umuarama, cuidando do bloqueio preventivo de contas dos envolvidos. O objetivo é fazer com que pelo menos parte do dinheiro originado do esquema volte para os cofres públicos.

As sete pessoas presas na operação teriam se apropriado de pelo menos R$ 19 milhões de recursos repassados pelos governos estadual e federal desde 2020, quando uma ação civil pública foi aberta pelo Ministério Público do Paraná. O montante seria suficiente para vacinar toda a população local.

Nomes dos presos:

• Vandecir Miester (Assessor parlamentar).
• Cícero Laurentino (gabinete do prefeito).
• Renata Figueiredo Campagnole de Oliveira (secretária de saúde designada).
• Guilherme Roberto Pereira (contador).
• Pedro Arildo Ruiz Filho (diretor de hospital).
• Daniela de Azevedo Silva (médica).
• Lúcia Sampaio Dias (empresária).

Envie sua mensagem Ouvinte Aline FM