Crea-PR identifica irregularidades em licitações de decoração natalina no Noroeste

Notícia

Crea-PR identifica irregularidades em licitações de decoração natalina no Noroeste

Crea-PR identifica irregularidades em licitações de decoração natalina no Noroeste

Iniciada em novembro, a fiscalização das licitações para decoração natalina abertas por prefeituras da região Noroeste foi concluída na última semana pelo Conselho Regional de Engenharia e Agronomia do Paraná (Crea-PR). Os fiscais acompanharam os processos licitatórios de 18 municípios, mas somente nove concluíram e, deste total, seis tinham irregularidades.

A falta da Anotação de Responsabilidade Técnica (ART) foi identificada na maior parte das cidades, nas licitações de Cianorte, Loanda, Paranavaí, São Pedro do Paraná e Sarandi. Já em Alto Paraíso houve falta de registro da empresa vencedora da licitação. Em Araruna, Guairaça e Marilena as licitações natalinas ocorreram de forma regular.

Segundo o gerente regional, Engenheiro Civil Hélio Xavier da Silva Filho, os fiscais verificaram se as licitações estavam sendo acompanhadas por profissionais habilitados como Engenheiros Civis, Eletricistas e Mecânicos. “Os Agentes do Conselho verificaram de forma remota a existência de profissional qualificado responsável pelas instalações, assim como as ARTs dos serviços executados. Eles ainda conferiram se as empresas contratadas tinham registro no órgão e habilitação para realizar as atividades para as quais foram contratadas. Nos casos de irregularidades, o Crea-PR notificou os responsáveis, que deverão se adequar à legislação”, explica.

Os contratos analisados das prefeituras incluem a montagem, desmontagem e manutenção de enfeites natalinos e luminosos (mangueiras e cordões) e de estruturas metálicas das decorações natalinas; a contratação de empresas para o fornecimento de materiais e mão de obra para a instalação das estruturas, como árvore de Natal; reforma e restauração de itens natalinos adquiridos em anos anteriores; serviços que precisam de responsáveis técnicos formados em Engenharia.

Em 2020, a fiscalização do Crea-PR ocorreu em 56 municípios da região Noroeste, apesar de somente 18 terem abertos licitações e apenas nove terem concluído os processos. Três principais cidades (Maringá, Umuarama e Campo Mourão) não fizeram licitações para aquisição de decorações de Natal em virtude da pandemia. Em Umuarama, inclusive, o pregão chegou a ser aberto, mas foi revogado após aumento dos casos da Covid-19.

Fonte: www.obemdito.com.br

Envie sua mensagem Ouvinte Aline FM