Donos de bares em Umuarama protestam com o novo decreto

Notícia

Donos de bares em Umuarama protestam com o novo decreto

Donos de bares em Umuarama protestam com o novo decreto

Donos de bares estão protestando pelas redes sociais contra o decreto 334/2020 da Prefeitura de Umuarama, que começou a vigorar nesta sexta-feira (27). De acordo com a nova decisão, os estabelecimentos só podem funcionar presencialmente até as 14 horas, de segunda a sábado. 

O mesmo vale para restaurantes, pizzarias, lanchonetes, carrinhos de lanche, padarias, pastelarias, docerias, cafeterias, sorveterias e comércios de assados, porém estes estão liberados para atender também aos domingos. 

Após as 14 horas, esses estabelecimentos só poderão funcionar em sistema delivery, e ainda assim até as 22h. O drive trhu fica permitido apenas para as conveniências.

Comércio

Prestadores de serviço e comércio em geral, incluídas as lojas de departamentos como a Havan, devem fechar às 18h, de segunda a sábado, e manter-se fechadas aos domingos. Mercados, mercearias, padarias, açougues, peixarias e outros do gênero, ficam livres para atender até as 20h em qualquer dia da semana.

O sistema de saúde pública praticamente já não tem leitos disponíveis para internação hospitalar em Umuarama, tanto em enfermarias quanto em UTIs. Muitos pacientes da cidade estão sendo hospitalizados longe de casa, em Maringá, Paranavaí, Campo Mourão e Cianorte.

As restrições foram discutidas entre o prefeito Celso Pozzobom, a equipe da Secretaria Municipal de Saúde, do COE Municipal, médicos, representantes dos hospitais e da Associação Médica de Umuarama, do Ministério Público e da 12ª Regional de Saúde.

Fonte: O Bemdito

Envie sua mensagem Ouvinte Aline FM